Novo programa cultural do 2014

Jovens coordenadores estudam o calendário 2014

Jovens coordenadores estudam o calendário 2014

Essa semana, os jovens coordenadores reuniram para estudar o novo calendário de 2014 para tomar decisões sobre os focos artístico-pedagógicos e culturais do ano. A roda guia decisões sobre as residências artísticas, cursos de formação, projetos culturais e ações nacionais e internacionais que realizarão. Percebem que o novo calendário é bem mais profundo do que as edições dos anos anteriores.

Asistimos os novos vídeos do Beleza Amazônica 2013 para ajudar definir 2014.

Asistimos os novos vídeos do Beleza Amazônica 2013 para ajudar definir 2014.

Escolhem Energias da Vida e Formação de Jovens Coordenadores como Educadores Comunitários como os focos de 2014. Aceitam convites para AfroMundi apresentar em Brasilia e Washington, para Elisa colaborar com os Pataxó na Bahia e para as Latinhas, AfroMundi e os outros micro-projetos se apresentaram em New York. Aprovam os novos colaboradoras propostas (Cristina de Peru e Jessica de New York), e confirmam as energias solar, de alimentação saudável e do celular como ferramenta jornalística – três novas dimensões que vão permear Rios de Encontro.

Jovens coordenadores dos micro-projetos brindam a novo programa cultural 2014

Jovens coordenadores dos micro-projetos brindam a novo programa cultural 2014

Depois de duas noites de conversas e decisões (e presentes artesanais de Buenos Aries e Londres), brindamos o novo programa. No jantar, conversamos sobre as tempestades climática e política que ameaçam a comunidade. Desequilíbrio ecológico já esta sendo registrado em todos os cantos do mundo. Mas as casas de 15 famílias, incluindo a do Rafael da biblioteca Folhas da Vida, estão marcadas para serem derrubadas, para “salvar a vida dos moradores”.

Sabemos que anos de exploração contínua pelas dragas não fiscalizadas para fornecer areia e cascalho ao serviço da industrialização da Amazônia, e a derrubada das arvores dos quintais pela obra do PAC são as causas da danificação das margens do Rio Itacaiúnas e consumo do pontal, e identificamos este momento como primeiro passo para esvaziar Cabelo Seco. Antecipamos um 2014 de ação corajosa e inovadora, e brindamos nosso sexto ano de unidade e amizade!

Anúncios
Esse post foi publicado em Advogando, AfroMundi. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s