Cabelo Seco ganha seu primeiro Festival de Verão no dia 07 de junho.

O novo outdoor anuncia o Festival de Energias de Vida, na parede da 'Galeria do Povo' em Cabelo Seco.

O novo outdoor anuncia o Festival de Energias de Vida, na parede da ‘Galeria do Povo’ em Cabelo Seco.

Rios de Encontro anunciará no dia 07 de junho, aniversário de Cabelo Seco, as datas dos mini-cursos e ações comunitárias do primeiro Festival de Verão: Energias de Vida, como presente para o bairro matriz de Marabá. Cientes sobre a importância da Praia Tucunaré na cultura da comunidade e do descanso, a coordenação juvenil e adulta criou esta iniciativa para garantir estimulação cultural e social durante verão, em particular para jovens e crianças. O festival acontecerá entre dia 30 de junho e dia 02 de agosto, e estará aberto a cidade inteira.

“Três anos atras, este festival ainda era um sonho em construção,” explica Dan Baron coordenador do Rios de Encontro. “Desde do inicio do projeto, priorizamos a formação de jovens como artistas e arte educadores comunitários que respeitam a inteligência e desafios de sua comunidade. Hoje, seis anos depois, temos jovens educadoras de Cabelo Seco, preparadas para compartilhar conhecimentos e paixões, que dividem os mesmos valores e visão de uma comunidade independente e sustentável.”

Artista e arte educadora Evany Valente (15 anos) ensina mestre Zequinha numa aula de sax. Ambos vão oferecer cursos no Festival de Verão.

Artista e arte educadora Evany Valente (15 anos) ensina mestre Zequinha numa aula de sax. Ambos vão oferecer cursos no Festival de Verão.

“Isso é um sonho realizado”, disse Zequinha Souza, mestre da cultura popular e diretor musical do projeto. “Nossos jovens e pais tem que ter mais opções de que praia, festa e novela. Mas ainda mais significativo, temos jovens hoje que entendem as necessidades da comunidade e reconhecem a comunidade como gente, por que são daqui. Isto so foi possível por que preocupamos com um projeto de formação, não de números. E agora, quando descanso, sei que tem uma nova geração capaz de sustentar nossa rica cultura popular.”

A decisão de oferecer o festival de verão na data do aniversário de Cabelo Seco foi pensada com cuidado. “Queremos oferecer um presente duradoura a nossa comunidade,” disse Manoela Souza, gestora do projeto, “e também definir as dimensões sociais e formadoras da Cultura. É bom celebrar, mas o que sobra depois de mais uma festa? Nosso Festival de Verão muda esta lógica. Vamos chamar nossos artistas para valorizar raízes, coragem de questionar e inovar, capacidade estética. Os governantes aqui não vão entender isso enquanto pensam que a cultura é uma ferramenta política e econômica ao sevicio deles.”

O Festival de Verão oferecerá mini-cursos intensivos de formação em artes visuais, música, dança, inglês, literatura, composição musical digital, radio comunitária-profissional, e redação (para ENEM). Estes são complementados por rodas de historia viva e cultura viva comunitária e oficinas sobre questões profundas relacionadas ao futuro de Cabelo Seco, saúde, energia solar, segurança comunitária e educação sem paredes. O festival incluíra mostras de filmes infantis, juvenis e adultos, um festival de pipa, uma bicicletada pela preservação do Pedral de Laurenção, e finaliza com um curso de formação (09-11 de agosto), ‘Arte Educação para cultivar Escolas e Comunidades Sustentáveis’, para professores, gestores e artistas.

“Realizamos um curso de formação para 120 professores e gestores em 2009 em parceira com o GAM”, explica Dan Baron, “e dado as demandas do projeto em Cabelo Seco e nossa agenda nacional e internacional, foi impossível encontrar um espaço para todos que não poderiam participar ou queriam aprofundar. Mas beneficiará da convivência em Cabelo Seco e oferece uma oportunidade de compartilhar com Marabá os avanços no mundo. Hoje em dia, a UNESCO e outras redes fortalecem diversidade, comunidade e direitos humanos como base de democracia participativa, alfabetização intercultural e responsabilidade juvenil. Estas serão os princípios do curso e do festival de verão ‘Energias de Vida’.”

Detalhes sobre cada curso do Festival de Verão: Energia de Vida são disponíveis de Mano Souza (riosdeencontro@gmail.com e fone: 91 8842 0521), a partir do dia 18 de junho. Inscrições abrem no dia 23 de junho.

Anúncios
Esse post foi publicado em Advogando, AfroMundi, Bicicletada, CineCoruja, Folhas da Vida. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s