Semana de formação no Stage Camp África Raíz em Florianópolis

Camylla participou em duas oficinas de dança afro por dia, nível intermidiaria, durante a semana do acampamento.

Camylla participou em duas oficinas de dança afro por dia, nível intermidiaria, durante a semana do acampamento.

Entre dias 20 e 27 de fevereiro, Camylla Alves, Évany Valente e Manoela Souza participarem no Stage Camp África Raíz, Latino-Americano, em Florianópolis, Santa Catarina. As duas jovens coordenadoras foram selecionadas pelo projeto inteiro por sua preparação de se entregar num processo intensivo de formação, convivência e gestão intercultural. As participantes mais novas no retiro, ambas acamparem pela primeira vez numa barraca, no meio de uma floresta, conhecendo uma grande diversidade de artistas, pofissionais e estudantes.

Évany e Manoela participarem em duas oficinas de dança afro por dia, nível iniciante, durante a semana do acampamento.

Évany e Manoela participarem em duas oficinas de dança afro por dia, nível iniciante, durante a semana do acampamento.

Camylla sendo orientada pela ministrante Assetou Diabate de Mali.

Camylla sendo orientada pela ministrante Assetou Diabate de Mali.

Évany também recebeu orientação privilegiada do mestre de percussão, sendo a participante mais nova no Stage Camp latino-americano, África Raíz.

Évany também recebeu orientação privilegiada do mestre de percussão, sendo a participante mais nova no Stage Camp latino-americano, África Raíz.

Évany, Camylla e Manoela participarem em duas oficinas de percussão afro por dia, nível iniciante, durante a semana do acampamento. Assim, integraram dança e música, antecipando colaborações entre seus micro-projetos, na volta.

Évany, Camylla e Manoela participarem em duas oficinas de percussão afro por dia, nível iniciante, durante a semana do acampamento. Assim, integraram dança e música, antecipando colaborações entre seus micro-projetos, na volta.

_MG_8529

Camylla, Évany e Mamo se retratam com Assetou e sua produtora, Kika, depois de entregar um calendário e convidar a mestra de dança afro participar no Festival de Verão em julho de 2016.

Camylla, Évany e Mamo se retratam com Assetou e sua produtora, Kika, depois de entregar um calendário e convidar a mestra de dança afro participar no Festival de Verão em julho de 2016.

Participantes Marie (Hungria) e Judith (Senegal) do Stage Camp visitam a casinha de Dan e Mano em Matadeiro, Florianópolis, para conhecer a sede de Transformance e refletir sobre o retiro.

Participantes Marie (Hungria) e Judith (Senegal) do Stage Camp visitam a casinha de Dan e Mano em Matadeiro, Florianópolis, para conhecer a sede de Transformance e refletir sobre o retiro.

Anúncios
Esse post foi publicado em Advogando, AfroMundi, Minha Disapora Musical, Roupas ao Vento, Universidade Comunitaria dos Rios. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s