Uma noite inesperada de música clássica em Belém

Salomão Habib, Diretor do Teatro Valdemar Henrique, toca músicas em casa de 20 anos de pesquisa sobre identidade Amazônica.

Salomão Habib, Diretor do Teatro Valdemar Henrique, toca músicas em casa de 20 anos de pesquisa sobre identidade Amazônica.

Depois das apresentações de ‘Lágrimas Secas’ e ‘Nascente em Chamas!’ de AfroMundi no SESC Boulevard, Belém, e antes da semana de formação de dança e percussão de raíz afro em Florianópolis, nos, Dan, Mano e Camylla jantamos na casa do grande músico, Salomão Habib. Vivenciamos uma mostra ímpar de música paraense! Em troca, reflexões culturais sobre desafios em projetos comunitários e uma apresentação do vídeo de ‘Nascente em Chamas!’. Nasce uma nova amizade!

Ouvimos composições clássicas do repertório do Sebastião Tapajos, complementadas por reflexões sobre a história musical da Amazônia, do historiador Salomão Habib.

Ouvimos composições clássicas do repertório do Sebastião Tapajos, complementadas por reflexões sobre a história musical da Amazônia, do historiador Salomão Habib.

Anúncios
Esse post foi publicado em AfroMundi, Universidade Comunitaria dos Rios. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s